Ó sol eterno -Sri Chinmoy, Poemas.

Ó sol eterno,

Ó flor do meu coração,

Se uma vez eu ver Você, todos os meus erros

Serão corrigidos e iluminados.

No coração da noite profunda

Perdi minha forma divina.

Ó beleza do meu coração,

Estou sempre esperando em tranquilo silêncio

Para ouvi-Lo.

-Sri Chinmoy.