Mar de paz – Sri Chinmoy, poemas.

Uma infinita extensão de escuridão

Cobre o alento da minha consciência

Repleta de dores excruciantes.

A luz da minha vida, a escuridão da minha morte,

Tudo, tudo exauri a Seus Pés.

Hoje o meu coração sedento descobriu

Deleite-Néctar no mar de paz.

~Sri Chinmoy.